Nova chance de ser reforçada vizinho 7/12!

OBS! Notificar condolências à thomas.aslin@sundsvall.se
(se você não tiver feito isso através de HBU)

Dê uma chance na segunda-feira. 18 (local a ser anunciado mais tarde) indo treinamento para se tornar um chamado vizinho Amplify. Após o treinamento, você pode em um acidente em Holm receberá um SMS diretamente do operador SOS. Você não tem obrigações ou direitos específicos e, para isso, mas se você é capaz de ajudar e! Que pode realmente fazer a diferença em saber se seus parentes, vizinho ou qualquer outra pessoa nas proximidades, para sobreviver!

Desde o início do projeto 2013 tem sido 11 alarme em Holm e quase tudo tem sido voluntários antes que os serviços de ambulância e emergência. No entanto, seria necessário a ser mais no distrito Holm, e de preferência com pouca dispersão em torno Holmsjön. Na actual situação é tal. ninguém no lado sul de Holmsjön ou Vike, Loviken, Sandnäset, Kväcklingen, Österström e inclinação. Você conhece mais alguém que você acha que poderia estar interessado e adequado. Diga-lhes!

O treinamento é organizado pela Medelpads Associação Resgate e está livre. Holm, juntamente com alguns outros locais em Medelpad sozinho na Suécia que podem ser alertado imediatamente dessa maneira em diferentes acidentes.

treinamento inclui:

  • marca
  • Eliminar o acidente de trânsito
  • incidentes de afogamento
  • coração- & Ressuscitação com AED

Muitas vezes as mais simples ações importantes – a principal coisa é feito rapidamente. Isso torna o sistema tão importante p.g.a Holm direita. que em um acidente normalmente é de cerca de. 20-60 minutos dos serviços de ambulância e salvamento mais próximos.

VOCÊ SABIA HOLM tem suas próprias Desfibriladores!?
Leia mais e veja a história na vizinha reforçado em holmbygden.se / aguda (facilmente encontrados através “” no topo da página inicial).

Kontato com perguntas:
Associação Medelpads Resgate
Thomas Åslin, Cadeia fogo Inspector / Inner
070-191 04 99
thomas.aslin@sundsvall.se
www.raddning.info

Leia mais sobre o projeto (fr. 2012), CLIQUE AQUI.

Pessoas em áreas rurais não pode ser alcançado o mesmo nível de proteção contra acidentes como pessoas em áreas urbanas. cidadãos do município deve ter "igual proteção" contra acidentes e este projecto pretende atingir melhor este objectivo.

1.1 fundo
As zonas rurais têm menos proteção contra acidentes do que nas zonas urbanas, onde grande- e as forças de emergência com base em áreas com maior densidade populacional. Sem mais prevenção e permitindo que a capacidade da sociedade civil para primeira aposta, portanto, não alcançou partes da Lei sobre a Prevenção de Acidentes.

objetivos
Melhor proteção contra acidentes no rural através do apoio para o indivíduo.

1.2 Projektmål

  1. Desenvolver um conceito para a proteção contra acidentes na rural. O conceito baseia-se em conhecer os acidentes mais embaraçosos na zona rural e as medidas (aconselhamento, em formação, supervisão etc.) para reduzir e gerir estes. ideia conceito presente de Gestão MRF em outubro 2012.
  2. canais à procura, assim, a educação ea informação pode ser operado de forma sistemática, e através destes encontrar as pessoas que querem ser locais "seguranças" (considerar o nome para estas pessoas). O número depende do interesse e do tamanho da comunidade
  3. Durante outubro-dezembro 2012, implementar pilotos no conceito de mínimo 3-5 comunidades em áreas urbanas na zona rural.
  4. Janeiro-Fevereiro 2013, avaliar o projeto e sua capacidade de desenvolver o trabalho em um processo duradouro da MRF eo FIP de funcionários municipais podem completar proteção contra acidentes. A avaliação também deve incluir a possibilidade de alarmes SMS ou similar que pode ser enviado ao "povo de segurança", bem como oportunidades para introduzir em vários locais depois foram acordados critérios de requisitos (v.g. 30 Minha contribuição para o serviço de bombeiros local). O trabalho é compilado no relatório e apresentado à equipa de gestão MRF fevereiro passado 2013.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *